Os Efeitos do Estresse em seu Corpo

Estresse é a reação do organismo a qualquer mudança que requer uma adaptação ou resposta. O corpo reage a estas mudanças com respostas físicas, mentais e emocionais. O stress é uma parte normal da vida. Muitos eventos que acontecem com você e ao seu redor, e muitas coisas que você faz a si mesmo colocar pressão sobre o seu corpo. Você pode experimentar o stress de seu ambiente, seu corpo e seus pensamentos.

Como o estresse afeta a saúde?
O corpo humano é projetado para experimentar o stress e reagir a ele. O estresse pode ser positivo, mantendo-nos alerta e pronto para evitar o perigo. O estresse se torna negativo quando uma pessoa enfrenta desafios contínuos sem alívio ou de relaxamento entre os desafios. Como resultado, a pessoa torna-se sobrecarregados e tensão relacionada ao estresse constrói.

O estresse que continua sem alívio pode levar a uma condição chamada de socorro, uma reação de estresse negativo. Angústia pode levar a sintomas físicos, incluindo dores de cabeça, dor de estômago, elevação da pressão arterial, dor no peito e problemas para dormir. A pesquisa sugere que o estresse também pode trazer ou agravar alguns sintomas ou doenças.

O estresse também se torna prejudicial quando as pessoas usam álcool, tabaco ou drogas para tentar aliviar o seu stress. Infelizmente, em vez de aliviar a tensão e voltar ao corpo para um estado relaxado, estas substâncias tendem a manter o corpo em um estado de stress e causar mais problemas. Considere o seguinte:

  • Quarenta e três por cento de todos os adultos sofrem efeitos adversos à saúde por causa do stress .
  • Setenta e cinco por cento, para 90% das visitas ao consultório do médico todos são para doenças relacionadas ao estresse e reclamações.
  • O estresse pode desempenhar um papel em problemas como dores de cabeça, pressão alta, problemas cardíacos, diabetes, problemas de pele, asma, artrite, depressão e ansiedade.
  • A prevalência acumulada de um distúrbio emocional é mais de 50%, muitas vezes devido a reações de estresse, não tratados crônicas.

 

Qual é a Importância do Potássio?

O Potássio é um mineral importante para o funcionamento normal do corpo. O potássio é também um eletrólito, o que significa que pode conduzir eletricidade em suas células. Além disso, o Potássio funciona com outro mineral, como osódio. para manter o nível de água do corpo equilibrado.

Os níveis de potássio no corpo são regulados pelos rins e o excesso de potássio é excretado na urina para manter um equilíbrio de Potássio é sódio. Tomar suplementos de Potássio deve ser feito apenas sobre o aconselhamento do seu médico.

Hipocalemia: A Hipocalemia refere-se a uma concentração anormalmente baixo de potássiono corpo e, normalmente, é um resultado de uma perda do excesso de potássio após longos períodos de vômitos, o uso de alguns diuréticos, problemas metabólicos ou doença renal. Aperda de potássio pode também ser causada por uma excessiva ingestão de alcaçuz. Fatores que podem contribuir para hipocalemia incluem o uso de diuréticos, tais como a furosemida ou thiazide, diarreia grave ou abuso de laxantes, alcoolismo e bulimia ou anorexia nervosa.

Pressão Arterial Alta: Os indivíduos que têm uma ingestão adequada de potássio parecem ter um menor risco de pressão alta e derrame. Um artigo de 2001 na revista “Circulation” citou um estudo onde mais de 43.000 homens em risco de acidente vascular cerebral foram seguidos por oito anos. O estudo descobriu que homens que tiveram maior ingestão de potássio na dieta tiveram um menor risco de acidente vascular cerebral. Além disso, outros estudo realizado em 2002 na “The American Journal of Medical Sciences” concluiu igualmente que o aumento depotássio na dieta pode diminuir o risco de pressão alta.

Ossos Saudáveis: A osteoporose é uma doença óssea que a densidade mineral é diminuída, que por sua vez aumenta o risco de fratura. Esta doença é vista predominantemente em mulheres na menopausa e na pós-menopausa e em homens idosos. Além disso, a “The American Journal of Clinical Nutrition”, relatou um estudo de 2002 que se seguiu à densidade da massa óssea e ingestão de potássio através de frutas e legumes em homens e mulheres idosos durante quatro anos. O estudo concluiu que os níveis adequado de potássio na dieta aumentou a densidade óssea e diminui o risco de osteoporose.

Atletas é o Potássio: Durante a atividade extenuante, os recursos de potássio estão esgotados através da transpiração e uso muscular. Atletas, ou qualquer um que executa tarefas vigorosos, pode precisar de uma quantidade de potássio maior para prevenir irregularidades cardíacas e dores musculares.

Os alimentos que são ricos em potássio incluem batata, batata doce, Laranja, Suco de Laranja, Ameixas secas, suco de ameixa, Tomate, Espinafre e amêndoas. A ingestão adequada de potássio é 4,700mg por dia para adultos.

Os 10 Sintomas da Febre Zika

O que é a Febre Zika? A Febre Zika é uma doença causada pelovírus Zika, um membro da família Flaviviridae. O vírus Zika teve sua primeira aparição registrada em 1947, quando foi encontrado em macacos da Floresta Zika, em Uganda. Ele é transmitido pelo mosquito Aedes aegypti, mesmo transmissor da dengue da febre chikungunya.

Em 1954 os primeiros seres humanos foram contaminados, na Nigéria. O vírus Zika atingiu a Oceania em 2007 e a França no ano de 2013. O Brasil notificou os primeiros casos de vírus Zika em 2015, na bahia e no Rio Grande do Norte.

Os Sintomas da Febre Zika São:

  • Febre baixa.
  • Coceira e comichão na pele, além de manchas avermelhadas.
  • Dor de cabeça e atrás dos olhos.
  • Dor muscular fortes.
  • Dor nas articulações, principalmente nas mãos e pés, com inchaço.
  • Dor abdominal.
  • Diarreia.
  • Conjuntivite.
  • Constipação.
  • Pequenas úlceras na mucosa oral
  • Diagnóstico da Febre Zika: Se você suspeita de febre Zika, vá até uma clínica ou hospital mais próximo. o Diagnóstico deverá ser feito por meio de análise clínica e exame sorológico (de sangue).

Prevenção: O vírus Zika é transmitido pelo o mosquito Aedes aegypti, que é o transmissor do vírus e suas larvas nascem e se criam em água parada. Por isso, evitar esses focos da reprodução desse vetor é a melhor forma de se prevenir contra o vírus Zika. Veja como:

 

Os 5 Hábitos que Pioram a Gripe

A gripe é uma doença que pode afetar qualquer pessoa. Geralmente, muitas pessoas ignoram o frio e relutante em tomar algum cuidados ou hábitos para curá-lo. No entanto, mesmo que a gripe é muitas vezes considerado como uma doença suave, que pode ser facilmente transmitida por meio do ar, aumentando assim a transmissão para as pessoas em torno.

Em média, os brasileiros ficam doentes 3 vezes de gripe do ano e gastar 5 a 7 dias para a completa a recuperação. Em muitos casos, pode demorar mais tempo por causa demaushábitos que agravam a doença. As pessoas pensam que a gripe é normal que você tem que resistir, mas não deve ser. Alguns hábitos podem melhorar ou piorar os sintomas. portanto, para a gripe não se agrava, evitar estes erros comuns que prolongam a permanência do vírus.

1. Automedicação: A automedicação é muito comum a ingestão quando está gripado. além disso, A automedicação pode ocasionar um tratamento errado e tornar um simples resfriado ougripe em um problema maior. O tratamento errado pode evoluir e se tornar uma patologia mais grave.

2. O consumo de álcool: Beber muito álcool pode torná-lo desidratado e piorar os sintomas de gripe. Ele também pode suprimir o sistema imunológico. Mude esse hábito pelo consumo de água mineral ou suco para ajudá-lo a ganhar força para superar o vírus.

3. A desidratação ou baixo consumo de água: Você deve beber bastante água quando você está doente, porque a água vai ajudar a diluir o muco. Quase todo o líquido vai ajudar. Água mineral, suco, chá quente e sopa são tudo de bom para aliviar a gripe. Além disso, a ingestão de líquidos também ajuda a eliminar os vírus e toxinas que invadem seu corpo.

4. Fumar: Os fumadores em geral, são mais vulneráveis ao vírus da gripe e resfriado do que os não-fumantes. Isto é devido ao fato de que a toxina no interior da substância contida no cigarro degenerar rapidamente os seus sistemas imunológico. Os fumantes que estão com a gripe também são geralmente mais grave e difícil de curar. pois, Fumar danifica as células nos pulmões, o que torna difícil para os fumantes o combate da gripe. Se você tem um resfriado, parar de fumar e evitar as pessoas ao seu redor que estão fumando.

5. Falta de sono: sono adequado é a chave para ter um sistema imunológico saudável. Um estudo descobriu que a falta de sono aumenta em 3 vezes os riscos de pegar um resfriado.

Como Diabetes Afeta as Mulheres – Sintomas e Riscos!

Entre 1971 e 2010, a taxa de mortalidade das mulheres com Diabetes caiu, segundo um estudo. Este foi um grande passo, refletindo os muitos avanços no Tratamento da Diabetes. No entanto, a diferença em taxas de mortalidade entre mulheres que tinham Diabetes e aquelas que não tinham mais do que duplicou. Este estudo com homens e mulheres apresentou várias razões possíveis para as diferenças de gênero. As razões incluíam:

  • As mulheres muitas vezes recebem um tratamento menos agressivo para fatores e condições de risco cardiovascular relacionados à Diabetes.
  • As complicações de diabetes em mulheres são mais difíceis de diagnosticar.
  • As mulheres muitas vezes têm diferentes tipos de doença cardíaca em comparação com homens.
  • Os hormônios e inflamação respondem de modo diferente em mulheres.
  • Os resultados enfatizam como diabetes afeta as mulheres e homens de modo diferente.

    Sintomas da Diabetes nas Mulheres: Os Sintomas da Diabetes na Mulheres são poucos diferentes dos homens. Porém,há alguns sintomas que são únicos às mulheres. Entender ambos ajudará a identificar a doença e encontrar tratamento logo. Os sintomas únicos nas mulheres incluem:

    • Infecções por fungos vaginal e oral e candidíase vaginal.
    • Infecções urinárias.
    • Disfunção sexual feminina.
    • Síndrome do ovário policístico.

    Sintomas sofridos pelas mulheres e homens:

    • Aumento da sede e fome.
    • Micção freqüente.
    • Perda ou ganho de peso que não tenha causa óbvia.
    • Fadiga.
    • Visão embaçada.
    • Ferimentos que cicatrizam lentamente.
    • Náusea.
    • Infecções de pele.
    • Manchas de pele mais escuras.
    • Irritabilidade.
    • Respiração que tem odor doce, frutado ou de acetona.
    • Sensação reduzida nas mãos ou pés.

    É importante manter em mente que muitas pessoas com diabetes tipo 2 não têm sintomas perceptíveis.

    Gravidez e Diabetes: Se a mulher tiver Diabetes e estiver grávida ou com esperança de se tornar gestante, estar ciente dos desafios de manter a própria saúde e a do bebê. Os níveis de glicose no sangue e saúde geral necessitam de monitoramento antes e durante a gravidez. Além disso, Quando a mulher está grávida, a glicose no sangue e cetonas são transportadas através da placenta ao bebê. Os bebês necessitam de energia da glicose apenas como a mãe. No entanto, os bebês estão em risco de defeitos de nascença se os níveis de glicose estiverem muito altos.

    Diabetes Gestacional: A diabetes gestacional acontece em aproximadamente uma em 20 gestações. Os hormônios da gestação interferem com a maneira que a insulina trabalha. pois, faz o corpo produzir mais. Porém, Na maioria das mulheres, a diabetes gestacional desaparece após a gestação. Mas, se a mulher teve diabetes gestacional, o risco para diabetes tipo 2 é muito maior.

    Fatores de Risco: Segundo Office on Women’s Health, U.S. Department of Health and Human Services, ( é um tipo de Departamento de Saúde e espiciamente para mulheres nos Estados Unidos) há risco para diabetes tipo 2 se:

    • A idade for superior a 45 anos.
    • Ocorrer sobrepeso ou obesidade.
    • Ter um histórico familiar de diabetes (pais ou irmão).
    • Teve um bebê com um peso de nascimento maior do que 4,08 kg.
    • Teve diabetes gestacional.
    • Ter pressão arterial elevada.
    • Ter colesterol alto.
    • Exercitar-se menos do que 3 vezes por semana.
    • Ter outras condições de saúde que são associadas aos problemas usando insulina, como síndrome do ovário policístico.
    • Ter um histórico de doença cardíaca ou acidente vascular cerebral.

    O que é Possível Fazer?: Em todos os estágios da vida, os corpos das mulheres apresentam obstáculos para orientação da Diabetes e açúcar no sangue. Os desafios podem acontecer porque:

    • Os hormônios flutuantes associados com o ciclo menstrual, gravidez, e menopausa tornam isso mais difícil para manter níveis de glicose no sangue apropriados.
    • Algumas pílulas anticoncepcionais podem aumentar a glicose no sangue.
    • A glicose no corpo pode causar infecções de fungo.

    Felizmente, há passos possíveis a tomar para prevenir ou retardar diabetes, evitar suas complicações, e administrar os sintomas.

  • Perder Peso e Exercitar-se: Não é necessário quebrar recordes de perda de peso. Estudos realizados descobriram que é possível retardar ou até prevenir Diabetes tipo 2 ao perder apenas de 5 a 7 por cento do próprio peso. É possível fazer isso por comer mais alimentos saudáveis e exercitar-se 30 minutos por dia, 5 dias por semana.

    Evite Fumar: Fumar coloca as pessoas em risco maior de ter complicações associadas àDiabetes, como doença renal e danos aos nervos, especialmente nos pés.

    Ter Domínio sobre a Doença: Seguir as recomendações do médico e Esforçar-se para controlar os níveis de glicose no sangue, e manter os níveis de pressão arterial e colesterol saudáveis.

    Aprender os Sinais das Complicações: Conversar com a equipe médica sobre os sinais das complicações comuns à diabetes, incluindo ataque cardíaco, acidente vascular cerebral, e cetoacidose diabética.

    Como Reverter o Diabetes tipo 2: O Programa Diabetes Controlada do Dr. Rocha é a solução para quem busca Reverter o Diabetes tipo 2 e Pré-diabetes em 30 dias, Naturalmente e Sem Efeitos Colaterais. mais, Antes vamos saber o que é diabetes tipo 1 e tipo 2. Pois, Ele vai te propor uma reeducação alimentar totalmente diferente do que você já viu ou do que já te foi receitado pelos nutricionistas e endocrinologistas.

    A principal razão do grande sucesso do Programa Diabetes Controlada do Dr. Rocha é que ele traz informações baseadas em pesquisas internacionais, testadas e comprovadas cientificamente, de grandes centros de estudos. E que ele mesmo aplicou em seus pacientes. como prova disso, Confira o depoimento abaixo da camila que controlou a Glicemia de 500 Para 116!

  • Você conta com a Garantia de 30 dias e mais a garantia de apoio de mais 30 dias, ou seja, você terá uma Garantia Total de 60 dias e Risco Zero: É isso mesmo, diferente de tudo o que você já viu, não é mesmo? você tem 30 dias para pedir o seu dinheiro de volta caso não goste do projeto, ou caso não veja nenhum resultado.

    E é justamente esse o diferencial do programa criado pelo Dr. Rocha, Além disso, Ele teve a brilhante ideia de colocar todo o seu conhecimento em uma serie de vídeos e disponibiliza-los para seus clientes, ou seja, todas as pessoas que fazem parte do programa diabetes controlada do Dr. Rocha tem a opção de assistir aos vídeos a qualquer hora e lugar desde que você tenha acesso a internet.

    Não é incrível essa ideia? É como se você tivesse um medico de plantão 24 horas por dia e 7 dias na semana para tirar suas duvidas sempre que você precisar. Eu particularmente acredito que essa seja uma excelente maneira de ajudar as pessoas que sofrem de diabetes principalmente por que além do Dr. Rocha disponibilizar os vídeos ele também responde duvidas e comentários de seus clientes.